sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Rio de Janeiro!

Bom pessoal engraçado tudo que está acontecendo no Rio eu já tinha previsto em um post do blog, tinha falado o que tinham que fazer, confiram ai: http://asveras.blogspot.com/2010/11/chega-de-favelas.html

A única coisa ruim, é que demoraram para acabar com as favelas!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Afinal: Dinheiro traz felicidade?


Dinheiro NÃO traz felicidade!

O dinheiro como costumo dizer é o mal do ser humano, o dinheiro (um papel) impede muitas pessoas de viverem sua vida, geralmente são essas que vemos jogadas nas ruas, enfiada nos becos de favelas, etc.

Eu não acredito que o dinheiro traga felicidade, e sim acredito que traga um pouco de dignidade, pois neste mundo de hoje para se viver com o mínimo para sobrevivermos precisamos de dinheiro se não acabamos jogados nas ruas, só que a felicidade é um sentimento, eu acredito que um sentimento não se construa através de bens materiais, não é porque eu estou na favela e passando fome que não amo minha mãe, não é porque ganho um presente de um desconhecido que vou gostar dele.
A felicidade de forma alguma se constrói através de algo material.

Felicidade é ser você mesmo, com dinheiro ou sem dinheiro, amar na saúde ou na tristeza, não existe este negócio de eu ficar feliz quando estou rico e quando estou pobre fico triste, porque você esta com saúde eu te amo, quando não está eu te odeio, isso não existe!.

Dinheiro paga seus sentimentos?
Por exemplo: Algum dinheiro do mundo paga o amor que você sente por qualquer pessoa, sendo: pai, mãe, esposa, irmão, irmã, tio, avô, até você mesmo, o dinheiro paga?

O dinheiro pode trazer tudo, menos sentimentos.

DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Visão do mundo!


De uns tempos para cá, vejo uma sociedade com uma péssima visão de mundo, estamos vivendo em uma sociedade pessimista, que não admite, e falam que é realismo e não pessimismo.
Bom, o mundo ta ai a milhões de anos, as civilizações já existem faz milhares de anos, cada vez mais triste e mais pessimista, o conceito agora é que a vida não é fácil, que a vida dá muita porrada que a vida é curta, etc., o que não é verdade.

A visão do mundo está completamente errada, o mundo é bom, é bonito, é colorido, tem muita união e harmonia, a sociedade é que fechou os olhos e limitou-se a somente criticar, criticar, e omitir as coisas boas, as coisas certas, isso eu acredito que deve-se ao modo de vida errado que estamos levando, estamos levando uma vida de trabalho, correria, preocupações, etc., e acabamos não conseguindo aproveitar nada da vida.

Tudo na verdade vem de um erro colossal de nós seres humanos, desde que inventaram o dinheiro, o dinheiro é o nosso demônio, ele é a causa de tudo, o dinheiro dominou o ser humano e obrigou-o a se desdobrar e deixar de viver a vida para simplesmente sobreviver mesmo em condições precárias.
É perdemos para o papel...

Agora mesmo assim, nossa visão está passada, temos que renovar os ânimos, aproveitar cada segundo, cada oportunidade de nossa vida, temos que esquecer um pouco o mundo e pensar na família, que você está com sua família, mesmo estando em um lugar precário mais está com quem te ama e gosta de você, se você estiver sozinho, também tem que estar feliz, você é independente faz o que quiser tem que aproveitar, cada um deve aproveitar do seu jeito a vida.
Este negócio que a vida é dura, é passado, temos que levar tudo com tranquilidade e enxergar os pontos mais positivos de cada coisa.

Temos que ser otimistas e buscar a nossa felicidade a onde quer que ela esteja e não simplesmente passar uma vida de lamentações e tristezas ou uma vida medíocre, só de trabalho e stress.

Temos que fazer a vida valer a pena!

sábado, 20 de novembro de 2010

EUA preparam arma do "Fim do Mundo" não nuclear!


Leiam, vi e achei muito interessante, tirem suas próprias conclusões!


Em uma recente entrevista dada ao jornal americano The New York Times, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, revelou que sua administração deu sinal verde para o estudo e desenvolvimento de um novo tipo de conceito de ataque militar, sem o uso de armas nucleares mas com o mesmo poder destrutivo. Tal conceito chama-se Prompt Global Strike, um sistema de ataque com mísseis e armamento "convencional" que pode atingir qualquer ponto do planeta em até uma hora.


Apoio político e financeiro ao projeto não falta. Robert Gates, o secretário da Defesa, revelou na emissora americana ABC o que a administração já abraçou o Prompt Global Strike. Prova disso são os US$ 250 milhões que Obama pediu ao Congresso para explorar a tal alternativa, que combina tecnologia militar e aeroespacial de ponta. John McCain, candidato presidencial republicano em 2008, também já manifestou o seu apoio a um programa que tem tanto de "caro como de essencial".


As reservas relativas à nova geração dos mísseis Trident, inicialmente pensados para incorporar o "Prompt Global Strike", fez com que muita gente no Departamento de Defesa se virasse para alternativas. A resposta deverá ser um míssil cujo projeto chama-se X-51: uma arma que os radares de Pequim e Moscou teoricamente não confundirão com um míssil nuclear.


Utilizando tecnologia espacial da NASA, esta será a única arma não nuclear capaz de atingir velocidade de Mach-5 (5.793 quilômetros por hora) e que utiliza os efeitos brutais da velocidade hipersônica para destruir os alvos com a força cinética aliada a uma ogiva "convencional".


De acordo com o Pentágono, este sistema não estará operacional antes de 2015 e o mais provável é que o seu desenvolvimento se prolongue até 2020. De acordo com a ficção científica militar americana, essa arma pode ser lançada de um bombardeiro B-52 e seria capaz de estilhaçar uma central nuclear iraniana ou norte-coreana, destruir um navio carregado de armamento no Oriente Médio ou ainda explodir o esconderijo de Bin Laden — que os Estados Unidos desistiram de encontrar há muito.


Tudo isso com cinematográfica "precisão extrema", em poucos minutos e com uma potência localizada equiparada à de uma bomba nuclear. E tão "humanitária" que não "sujaria" o ambiente ao redor, como acontece com a radiação emitida em uma explosão atômica.


Pentágono prevê ativação até 2015
O Pentágono espera posicionar uma primeira versão da nova arma em 2014 ou 2015. Mas mesmo segundo os prazos mais otimistas, um conjunto completo de mísseis, ogivas, sensores e sistemas de controle só deverá entrar para o arsenal entre 2017 e 2020, muito depois de Obama ter deixado o governo.


O planejamento do PGS está sendo chefiado pelo general Kevin P. Chilton da Força Aérea, o mais alto oficial do Comando Estratégico das Forças Armadas e o homem encarregado pelo arsenal nuclear americano. Na administração Obama, a nova parte do trabalho do general Chilton é conversar a respeito de "alternativas convencionais".


Falando a partir da Base Offutt da Força Aérea, o general Chilton descreveu como a capacidade convencional oferecida pelo sistema proposto daria ao presidente "mais opções".


"Hoje, nós podemos apresentar algumas opções convencionais ao presidente para atacar um alvo em qualquer parte do globo, variando de 96 horas a várias horas, talvez quatro, cinco ou seis horas", disse Chilton. "Isso, contudo, não seria rápido o bastante", destacou, "caso chegasse um dado do setor de inteligência sobre uma movimentação de terroristas da al-Qaida ou o lançamento iminente de um míssil".


"Se o presidente quiser agir contra um alvo em particular mais rapidamente do que isso, a única coisa mais rápida que temos é uma resposta nuclear", disse.


O que é
O Prompt Global Strike (PGS) é uma iniciativa militar americana que pretende desenvolver um sistema capaz de desferir um ataque militar convencional em qualquer parte do mundo em apenas uma hora, do mesmo modo que um ataque militar nuclear pode ser realizado atualmente com mísseis balísticos.


Como declarado pelo general americano James Cartwright, "hoje, a menos que se decida pelo uso de armas atômicas, gasta-se dias, talvez semanas", até que um ataque militar com forças regulares possa ser lançado.


O objetivo desse sistema é prover de capacidade rápida de ataque convencional a partir do território dos Estados Unidos contra qualquer parte do globo terrestre em um caso de emergência ou conflito. O sistema PGS será implementado para complementar as outras partes do sistema estadunidense de agressão global, com um sistema que pode desferir um ataque contra qualquer lugar do planeta ou do Espaço em até 60 minutos.


O sistema é visto pela administração Obama como um meio de reduzir o arsenal nuclear e os gastos envolvidos nele, enquanto mantém capacidade idêntica de destruição. Entretanto, esse sistema é capaz de, ao ser acionado, ativar os sistemas de defesa nucleares de Rússia e China, o que teria feito a administração Bush engavetar o projeto.


Ainda não estão claros os detalhes técnicos e as precauções que deverão ser tomadas para assegurar a esses países que o míssil lançado não carrega ogivas nucleares. Alguns técnicos militares sugerem mísseis de trajetória de baixa altitude ou até inspeção dos sítios de lançamento por russos e chineses.


A tecnologia desse sistema preocupa tanto outras nações que a administração Obama acabou cedendo às exigências da Rússia para que os Estados Unidos desativem um míssil nuclear para cada míssil PGS. Essa disposição foi tratada no último acordo fechado entre EUA e Rússia, assinado por Obama e Medviédev em Praga.


Em 11 de abril, o secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, indicou que o país já possui capacidade para desferir um ataque pelo Prompt Global Strike. O tratado assinado entre russos e americanos em 8 de abril não distingue armas nucleares de convencionais, significando que cada míssil do sistema PGS ou ogiva nuclear será considerado para os limites de armamento estipulados no acordo. Entretanto, o Departamento de Estado dos EUA declarou que isso não deve interferir nos planos de desenvolvimento do PGS, já que não ultrapassaria o limite estabelecido.


Fonte: Aqui.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Funafuti?


Você conhece Funafuti?
Leia até o fim e verá a mais nova do governo.

Funafuti é a Capital oficial de Tuvalu.
Constitui-se de um grupo de 9 atóis carolinos na polinésia no Oceano Pacífico e a 4.000 km ao nordeste da Austrália.

Fica aqui:


A população de Tuvalu (os Tuvaluanos) atingiu em 2009 a irrisória cifra de 12.273 habitante, quase todos descendentes de samoanos.

Só para que você possa comparar, o Bairro da Tijuca no Rio tem cerca de 160.000 moradores.
Há somente um jornal impresso em Funafuti que circula de 15 em 15 dias, cuja tiragem é de 500 exemplares.

Mas porque estamos falando de Funafuti?
É que a diplomacia do nosso grandíssimo país, criou uma embaixada em Tuvalu, mais especificamente, na Capital Funafuti, por meio do Decreto 7.197 de 02 de junho de 2010.

A instalação dessa embaixada custará aos cofres públicos brasileiro a insignificância de 12 milhões, mais as despesas de manutenção.

Para que?

Realmente é impressionante como um governo torra recursos do erário e continua se mantendo bem avaliado por nós.
É mais uma Maracutaia do Governo, de desvio de dinheiro para contas numeradas em paraísos ficais.

Se você não acreditou clique neste link: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Decreto/D7197.htm


É Roubalheira mesmo!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Maconha: Sim ou Não?

Maconha, NÃO!

Bom, a legalização da maconha é um assunto que volta e meia está na mídia, a maconha no Brasil é usada somente para fins medicinais.

Eu sou completamente contra a legalização da maconha, por quê?
Porque ela aumentará o número de pessoas viciadas, quebrará inúmeras famílias, aumentará o índice de crimes, porque de certo, o consumidor da maconha (que é viciado) tentaria de qualquer forma a compra da mesma, e quando acabasse o dinheiro do indivíduo (até porque se fosse legalizada a maconha, seria monstruosamente taxada de impostos) iria arranjar um meio de conseguir dinheiro para a maconha, que seria: assaltando, matando, etc...
Além de influenciar na harmonia da sociedade, que já não é muito equilibrada, e com pessoas dependentes da maconha ao seu redor ficaria pior.

O que me deixa mais intrigado é um país como o Brasil que tem saúde ruim, educação péssima, tem uma super desigualdade social, pensar em fazer a legalização da maconha, sendo que, já podemos ver fumantes que sofrem para largar o vício, e tem que largam sozinho, pois o número de clínicas para dependentes químicos no Brasil é ridículo, e muitas das vezes o fumante acaba não conseguindo se livrar do cigarro.

E digo mais!
Estas explicações são BALELAS, este negócio que o tráfico de drogas vai acabar com a legalização da maconha, é mentira!
Pois se você pegar as estatísticas verá que quem é viciado em maconha, na grande maioria das vezes é dependente de outras drogas, e quanto a taxação de juros na maconha, que seria enorme e traria mais dinheiro aos cofres públicos, não precisamos do imposto da maconha, nós já pagamos até nossos pecados  para o governo, que enfia na meia.

Esta proposta mostra a porcaria de governo que temos, pois não conseguem acabar com o tráfico de drogas nunca, claro que não, eles nem tentam!
Ai eles acham que vão acabar do jeitinho famoso, o Brasileiro, na base do vamos liberar geral!
Querem fazer como a famosa frase fala: "Não conseguem vence-los, junte-se a eles".


Maconha faz bem?

-intoxicação aguda (inicia-se em média 5 minutos após ir o canábico e dura até 4 horas).
-dilatação de pupilas
- ausência de lacrimejamento
- olhos congestionados, vermelhos
- boca seca (incapacidade de salivação)
- vermelhidão ou palidez facial
- diminuição ou aumento da freqüência de batimentos cardíacos
- dificuldade de iniciar a micção
- flacidez muscu­lar
- esquecimento ou desvalorização de situações conflitivas
- alte­ração do pensamento
-distorção de objetos e cores
- alucinações visuais
-diminuição da memória
-diminuição e distorção da atenção
-alteração da crítica e do julga­mento, principalmente em relação a si, aos próprios atos, à    própria capacidade e às consequências destes atos
-al­teração da percepção do passar do tempo e alteração para realização de tarefas que exijam coordenação motora
-no período de intoxicação subaguda, que vai de algumas horas até 24 – 48 horas após o consumo de maconha temos as seguintes alterações que se apresentam de forma mais sutil:alteração da coordenação motora, da percepção luminosa, das cores e da seqüência em que ocorrem os fatos no tempo. Alteração mais sutil da memória e atenção e mais severa da crítica e do auto julgamento
Além do mais, quanto a esta questão deviria ser feito de uma vez uma votação popular, se querem a legalização da maconha: Sim ou Não.

Enfim, isto tudo só me deixa triste pois vejo um governo sem a mínima vontade, e sem o mínimo propósito que deveria ser: FAZER O MELHOR PARA O SEU POVO.

Nosso governo é: ridículo e incompetente!

sábado, 13 de novembro de 2010

Liberdade?


Não é segredo para ninguém que, durante muito tempo a mulher viveu subjugada à vontade masculina, sendo obrigada a esconder-se sob uma sociedade machista, patriarcal e autoritária, sendo apenas uma sombra do homem que estava ao seu lado.
Sempre absorta em suas “obrigações”, não havia espaço para o seu lado pessoal, profissional, emocional e, muito menos, intelectual.

Aos poucos, as mulheres passaram a enxergar o mundo que as cercava, a compreender o universo em que viviam, percebendo-se e descobrindo-se, pensando e questionando.
Começaram a lutar por aquilo que acreditavam. Fizeram passeatas, queimaram sutiãs, foram atrás de sua liberdade, e, gradualmente, foram conquistando seu espaço.
Lavar, cozinhar, costurar, servir, isso já não cabia à realidade que elas buscavam.
Elas conseguiram, libertaram-se do modelo de mulher criado pela sociedade e, a partir de então, essa luta foi consolidando-se e a mulher foi se destacando em locais anteriormente masculinos.
A ideia era ser tratada como igual e conseguiram. Alcançaram respeito, provaram que não nasceram só para ser mãe e dona de casa, e mostraram que tem capacidade intelectual.

Mas agora eu te pergunto, o que as mulheres estão fazendo com essa liberdade que tanto ansiaram?
Hoje, o conceito de liberdade está totalmente deturpado. A mulher lutou tanto para ter um espaço na sociedade, para ter seus direitos, para ser tratada com igualdade, mas de repente, a grande maioria, esqueceu-se do real valor dessa conquista, esqueceu-se dos seus ideais e tornou-se um “objeto” por escolha própria.

A verdadeira luta perdeu-se durante o trajeto e, o que era antes uma marcha pela conquista social, tornou-se uma busca por liberdade sexual.
Será que levar inúmeros homens para a cama te torna livre? Que liberdade mascarada é essa?
A nova geração feminina se auto corrompeu, desvalorizou-se, tornou-se escrava da sensualidade e da sexualidade. É muito mais importante estar linda. O foco agora é, nada mais, que seu corpo, alguns mililitros de silicone e uma lipo na barriga. Transformou-se num objeto a ser comercializado, e, ao mesmo tempo em que conquistam à presidência da república, estampam um comercial de cerveja e aceitam serem chamadas de “cachorras” em uma letra de música (pra não citar coisas piores...).

Isso não é ser tratada como igual, é apenas rebaixar-se àquilo que deveria ser afastado.
Essa semana me mostraram um vídeo onde uma mulher ironiza a própria desgraça feminina, nada engraçado por sinal. Ela diz coisas do tipo: “Se teu parceiro te bateu, foi porque você mereceu...você pode apanhar, desde que continue bonita e pronta pra outra...se ele estiver te traindo, vai cozinhar e costurar a cueca dele...”

Até quando essa vai ser a realidade da mulher? Será que está na moda ser fútil e superficial? Será que é melhor ser chamada por um nome vulgar que ter um “cérebro que funcione”?
A mulher precisa impor novamente o respeito que perdeu. Precisa deixar de ser um brinquedinho fácil, um artigo de luxo, uma “com uma coisa” qualquer que é consumida e jogada fora. Precisa ser reconhecida por sua capacidade pensante, seu valor intelectual, ético e pessoal, e não pelo tamanho de seu bumbum.

Já passou da hora da mulher acordar e sair do buraco que está se enterrando.

Fonte: Aqui.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Novos Verbos!


Agora podemos contar com novos verbos na língua portuguesa.
Observe:

Lular
Aqui para nós Luiz Inácio Lula da Silva encontrado atualmente na presidência do Brasil, virou também professor, nos ensinou o verbo Lular, eu não costumo lular, mas acho que você já lulou, talvez à maioria já tenha lulado, pelo menos menos uma vez, vou dar um exemplo bem simples:
Quando o professor na escola, na faculdade, encontra aquele papelzinho de cola e pergunta de quem é? 
Rapidinho nós lulamos, não sei, não vi, essa letra não é minha, etc. E tem muito mais lulismo por ai...

Malufar
Maluf, sobrenome sinônimo de contas em paraísos fiscais, Aqui para nós político sempre bem votado, e também nos ensinou um verbo, o Malufar, não sei se todos já malufaram, mas com certeza tem muita gente malufando por ai, e não é votando no Maluf que se Malufa, quer um exemplo?
O funcionário encarregado de fazer compra de empresas, esse malufa algumas vezes, ele até faz o seu trabalho mas tem sempre um a mais nessas notinhas, quer dizer superfatura, ai fica aquela velha história: Maluf rouba mas faz!
Isto é Malufar, evidente que guardadas as proporções.

Tiriricar
Tiririca, é uma erva daninha de difícil controle encontrada no interior do ceará, Aqui para nós, Francisco Everardo Oliveira da Silva encontrado na TV e em breve no Congresso Nacional. Esse fez ressurgir o verbo tiriricar.
Do verbo tiriricar conclui-se a ira constante de nós seres mortais, quando ficamos indignados com uma situação que achamos absurdo, aí protestamos ou melhor tiriricamos, é simplesmente quando ficamos de besta em alguma situação, ai nós somos os ABESTADOS!

Oras esses professores que nos ensinam tantos verbos novos, pensam que somos os abestados, que continuam Trabalhando, não vendo e não sabendo de nada, vivendo num país de tiriricas...
Mas podemos começar a praticar um verbo o MINEIRAR, esse quem nos ensinou foram 33 trabalhadores, que dizem que mineirar é resistir, ter paciência, ter esperança, não perder a fé, que algo vai acontecer e nos tirar desse buraco em que nos encontramos no Brasil, e os únicos que podem nos tirar, somos nós mesmos com o poder do voto.

Gente este post pode ser engraçado, mas a realidade é terrível.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Valores Invertidos!



Engraçado como o Brasil é o país dos valores invertidos, vou citar aqui o exemplo mais forte que achei, o REI PELÉ.

Oh o incrível REI PELÉ, no Brasil REI PELÉ é reconhecido pelo seu grande futebol, só que é mais que isto, ele é um ídolo e é tido como modelo de vida para muitas pessoas, o engraçado é que Pelé é a pessoa que mais vejo ser lembrada pela imprensa brasileira em todos os meios, no meio cultural, esportivo, jornalístico, enfim em todos. Me desculpem se eu falei simplesmente "Pelé" eu quis dizer "REI PELÉ", com todo o reconhecimento e valor que a imprensa dá para Pelé até parece que ele fez muita coisa boa, além de fazer alguns belos gols.

Às vezes a falta de memória de nosso povo é perturbadora, pois tivemos ai grandes pessoas durante nossa história tanto passada como recente que sequer são mencionadas nos grandes veículos de telecomunicações, tais como: Zilda Arns, medica que inventou a primeira fórmula eficiente e acessível contra desnutrição e ajudava muitas pessoas com ações beneficentes, Oswaldo Cruz, um visionário que enfrentou a ira de seus contemporâneos para sanear o Rio de Janeiro e assim incentivar todo o Brasil, Carlos Chagas decifrou o mal que ainda afeta seis milhões no País, Chico Xavier doou-se em prol do povo utilizando seu dom.

Infelizmente a mídia omite estas informações maravilhosas para gritar ao Brasil e ao mundo gente inútil e sem talento que ganha fama e R$R$ copulando com diretores de TV e posando nua em revistas...

Os valores invertidos nada mais são que a falta de coerência, cultura e conhecimento do povo Brasileiro que chama um jogador de Rei e uma pessoa boa de idiota.

Empolgando um pouco mais, vou partir para outra pessoa que não tem a mesma força de Pelé, mais porque não fez nada mesmo!
Geyse Arruda: Após ir com seu mini vestido para a Universidade Uniban, acabou causando um tumultuo e acabou sendo motivo de chacota pelos estudantes, mas você acha que ela foi com um mini vestido para não ser percebida?
Com certeza ela queria ser percebida pela sua indecência e falta de vergonha na cara com seu mini vestido, e ela conseguiu o que queria. Causou uma grande confusão na Universidade e acabou denegrindo a imagem de uma boa Universidade que é a Unibam, que a expulsou por suas vestimentas inadequadas e indecentes para o local em que estava, e teve que readmiti-la cedendo as pressões dando-lhe uma bolsa de estudos, o que é ridículo, pois então quer dizer que qualquer pessoa pode entrar e sair da Universidade com roupa ou sem.

A Partir daí o caso ganhou importância pela sua repercussão em todos os lugares. A estudante Geyse Arruda adorou isso, depois foi convidada para ensaios em revistas, chamada para inúmeros programas etc...
Então na minha opinião uma pessoa desse tipo deve ser considerada sim, Safada e indecente.

Ai que vem, com esta atitude ridícula Geyse conquistou o Brasil, e a empresa deu muito valor para ela, aí temos que ver matérias sobre plásticas da Geyse e etc...
E cadê as grandes pessoas que ajudaram quem precisava ou colaboraram para uma revolução etc.
Cadê?

O problema é que neste país Zilda Arns não é nada e Pelé é rei, e que Zé Dirceu é considerado uma pessoa injustiçada, Por quê?
Porque rouba! 
E Geyse também é injustiçada, Por quê?
Porque é Indecente!

Tem sentido?

Isto mostra grandes defeitos das pessoas de nosso país e mostra principalmente defeito da imprensa do nosso país. Depois não sabem por que o brasileiro não tem o mínimo de cultura, conhecimento e coerência, pois os veículos de telecomunicações não dão o mínimo disto para nós, e pelo contrário dão valores totalmente errados. Se tivéssemos realmente cultura, conhecimento e coerência nosso país não estaria assim, Repleto de valores invertidos e errados que nos ajuda a cada dia criar indivíduos piores e piores...
Sem acesso a informações boas e Relevantes.

Isto infelizmente é mais uma realidade que vemos no Brasil!

domingo, 7 de novembro de 2010

2° Mês do Blog As Veras



O Blog As Veras completa dois meses hoje, o blog que tem como seu propósito maior, mostrar a verdade, a realidade de tudo. O blog traz posts opinativos, abordando os temas atuais, importantes, interessantes e polêmicos.

O Blog As Veras continua firme e forte graças a você que colabora com: comentários, seguindo o blog, divulgando e lendo o blog.


Estamos ai a 2 meses no ar cumprindo o propósito do blog e fazendo nosso melhor.


Vamos continuar firme e forte!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Política + Religião = ?



            Mais uma coisa que me fez refletir nessas sucessivas disputas é a união de religião e política, algo que sempre aconteceu, mas, não nas proporções atuais e gera alguns questionamentos.

            Imaginemos a seguinte situação: Uma figura religiosa de prestigio manifestando, nacionalmente, seu apoio a um presidenciável. È mais do que comum e esperado que essa simples ação conquiste um número considerável de votos para o candidato. Funciona bem. É até interessante que a religião se envolva nas decisões políticas, buscando o melhor para ambos os lados, não fosse um ponto relevante.
            Boa parte dos eleitores seguidores da religião dessa figura, ao ver, ouvir ou saber dessa manifestação, deixarão de lado a necessidade de que seja feita uma análise das propostas, metas e conquistas de cada candidato. Resultado? As pessoas não votam no candidato, votam na figura religiosa que pediu o voto. E como toda eleição tem suas acirradas concorrências, faz-se necessário que a oposição busque também um forte líder a fim de conquistar números para seu partido e candidato. Mais uma vez, o processo se repete.
            Fica a pergunta: As instituições religiosas estariam realmente buscando envolvimento político por preocupação social, ou em função dos interesses de indivíduos isolados? Afinal, esses sabem muito bem a quão alienada a população pode ser em momentos como esse. A relação político-religiosa pode ser benéfica, mas, antes que isso se torne possível, é necessário que ela seja repensada.


Fonte: 
Aqui.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Quanto vale o ser humano?


Estou cada vez mais indignado com a desvalorização do ser humano, é impressionante como conseguimos a cada dia que passa nos desvalorizar mais, mais e mais.
Há vários tipos de desvalorização: prostituição, preconceito, etc...

Mas o que mais vejo na TV é um tipo diferente, vejo na TV, que é um baita veículo de comunicação e que na verdade perto do que poderia passar só passa MERDA, eu vejo aquelas matérias dos rico que tem um lindo cachorrinho, tem pessoas que gastam 250.000 por mês com cachorro, também vi madames que vão diariamente ao shopping comprar brincos, roupas etc... de 200.000 e no final do mês só de compras vão milhões, vi também um homem que por lazer e porque deu na telha comprou um Veleiro de 2,5 milhões.
Eu abomino este tipo de coisa, cadê a solidariedade?
Enquanto gastam milhões em coisas fúteis tem gente MORRENDO de verdade de fome no Brasil e fora, cadê o amor ao próximo?

Na TV parecem histórias muito bonitinhas porém são histórias cruéis, feias e ridículas, na minha concepção fazer estes tipos de coisas é infinitamente pior do que roubar porque precisa de dinheiro, este tipo de coisa é um crime!

O engraçado de tudo é que o dinheiro é o protagonista. 

O ser humano se rebaixou tanto mais tanto, mais tanto que perdeu para um pedaço de papel.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Chega de Favelas!



Eu fico escutando muito por ai políticos dizerem que vão acabar com as favelas no Brasil, o que na verdade é uma grande mentira! 

Eu nunca vi um projeto decente e que funcionasse. Nós temos que começar lá de traz ou seja, dá onde vem drogas e armamentos e outros produtos ilegais?
De fora, então temos que fechar nossas fronteiras, fechar de verdade ( e não fazer coisas para inglês ver, como fazem hoje), temos que fechar com a guarda nacional que temos de sobra. A única coisa que requer é um bom planejamento, impedindo a entrada de drogas, produtos ilícitos e armamentos, já é um grande começo, outra grande fonte de armamentos são policiais corruptos, e por que eles se corrompem? 
Porque simplesmente ganham mal, quando veem uma maneira de ganhar um dinheiro que nunca viram na vida acabam se corrompendo, então temos que pagar um ótimo salário para policiais até porque são pessoas que arriscam suas vidas em prol da sociedade, os policiais tem que ter 2, 3 empregos para conseguir sustentar bem, a família, isto é muito ruim. 

Depois da melhoria no salário dos policiais e fechamento da fronteira, temos que começar a desocupação das favelas, como? 
Com a guarda nacional o Estado fala que não precisa mas precisa sim, utilizar a guarda nacional, a guarda nacional é super capacitada para fazer essas operações delicadas e complicadas, mais como que eles fazem? Entram e fuzilam todo mundo? 
Não! 
Fazem um bom planejamento junto com o governo, o governo faz um PAC de urbanização de favelas, pois tem que investir de verdade nisso que é para acabar, faz as casas necessárias para que possa ser feita esta desocupação, e casas com qualidade e não algumas que nós vemos serem entregues com tudo ruim. 
Traficantes e bandidos, MATA! 
Pessoa humildes vem para cidade para morar em casas decentes do governo, claro que terão entre essas pessoas que virão para a cidade marginais e no bom português "maloqueiros", então a polícia tem que estar presente principalmente aos arredores. 

Fazendo assim, o que acontece, reduziremos absurdamente o tráfico de drogas pois iremos enfraquecer os traficantes e depois acabar com as favelas e trazer as pessoas boas para um lugar decente, além disso teremos bons policiais e reduziremos os policiais corruptos, até pelo aumento de salário e pelo pouco poder que já terá o tráfico e os bandidos, e consequentemente acabaria com a pirataria. 
Então nós temos que fazer de verdade isso e não ficar na "promessinha", e tentar fazer o caminho mais fácil, se aliar ao bandido e traficante, pois cogitam a hipótese de legalizar a MACONHA aqui, para assim o tráfico e o consumo da maconha seja legal, ai querem mandar ver o imposto na maconha e falam que isso será revertido para nós, será? 
Ou será que vai parar nos bolsos dos políticos, desculpem bolsos não, MEIAS e CUECAS. 

Bom esta solução foi uma solução simples que eu tentaria fazer no Brasil todo, é por isso que não sou candidato porque acho que não tenho preparo para vos representar, fora que para entrar lá com total honestidade é difícil.
A única coisa que eu garanto é que sou mais preparado que o Tiririca, com certeza!

Mais isto só prova a falta de vontade e capacidade de nosso governo, ficam bem contentes com 30, 40, 50 MIL que recebem (sem conta uns por fora né) e para isso nem precisam fazer nada. O povo que se dane.

ISTO É UMA VERGONHA!